Frase, oração e período são elementos de difícil definição, tanto na área da gramática quanto na área da linguística – nesta mais do que naquela.

No entanto, para compreensão basilar e inicial, vamos ficar com os conceitos presentes nas gramáticas normativas e nos materiais didáticos, visto que os dois seguem as recomendações da Nomenclatura Gramatical Brasileira (NGB).

FRASE

Nos estudos da gramática, entendemos frase como uma declaração de sentido completo, tendo início e fim. Ela pode conter ou não verbo(s), não depende de seu tamanho – podendo ser curta ou longa – e é marcada por uma entonação.

  • Socorro!
  • Silêncio!
  • Curva a cem metros.
  • Há uma curva a cem metros.
  • No GPS está marcando que há uma curva a cem metros. 

ORAÇÃO

É o enunciado constituído em torno de um núcleo verbal (verbo ou locução verbal). 

  • uma curva a cem metros.
  • O professor chegou.
  • O jornal afirmou.
  • Ronald de Carvalho estava na Semana de Arte Moderna.
  • “O ladrão pegou a chave, abriu o baú, revirou a roupa, achou o dinheiro.” (R. de Queiroz)
  • A notícia que saiu no jornal abalou a todos.
  • Nós não iremos assistir a esse filme.
  • O professor tinha chegado naquele momento.
  • As crianças estavam dormindo.

A LOCUÇÃO VERBAL é um conjunto formado por um verbo auxiliar + um verbo principal. Aquele pode vir conjugado, ou seja, numa forma finita (iremos, tinha, estavam), enquanto este estará sempre numa forma nominal – infinitivo, gerúndio ou particípio (assistir, dormindo, chegado).

É possível que o primeiro também apareça nas formas [infinitivas] gerúndio ou particípio.

  • Poder sonhar é uma das melhoras coisas da vida.
  • Ele está no trabalho ainda, podendo estar em casa.

PERÍODO

É o enunciado que contém sentido completo e núcleo(s) verbal(is). Isto é, uma frase que contem uma ou mais orações. Quando tem apenas uma oração (oração absoluta), o período é simples; quando tem mais de uma, é composto.

  • uma curva a 100 metros. (PS)
  • Esse momento exige a atenção de todos. (PS)
  • Esse momento exige que todos prestem atenção. (PC)
  • O professor não pôde ir à aula hoje porque estava (PC)
  • “O ladrão pegou a chave, abriu o baú, revirou a roupa, achou o dinheiro.” (R. de Queiroz)  (PC)