No estudo sintático dos períodos, podemos entender oração coordenada – de maneira bastante direta – como um enunciado que gira em torno de um núcleo verbal e apresenta independência sintática. Lembre-se de que as orações coordenadas compõem um período por coordenação.

Essas orações podem se apresentar simplesmente justapostas, separadas por vírgula ou ponto e vírgula – neste caso são conhecidas como assindéticas; ou podem se apresentar conectadas por elementos coordenativos de ligação chamados conectores[1]são chamadas de sindéticas.

Sindética – com conjunção
Assindética – sem conjunção

Observe:

“Não aquieta o pó, nem pode estar quedo; anda, corre, voa; entra por esta rua, sai por aquela; já vai adiante,torna atrás; tudo enche, tudo cobre, tudo envolve, tudo perturba, tudo toma, tudo cega, tudo penetra…” (Pe Antônio Vieira)

Nesse trecho do Pe Antônio Vieira, há dezesseis orações coordenadas, das quais somente uma [nem pode estar quedo] é sindética. As outras são assindéticas.

Em termos de classificação…

as orações coordenadas assindéticas param por aí – não dão prosseguimento em classificações.

  • Abriu os livros, pegou uma caneta, organizou o material, dormiu.
  • Acordou cedo, tomou banho, comeu, foi para a escola.
  • Vou sair um pouco mais cedo; a essa hora o trânsito costuma ser lento.
  • É preciso comer tudo; vai lhe fazer bem.
  • Ele sempre busca conhecimento; adora aprender coisas novas.
  • Alunos, amanhã haverá aula; tragam o livro.
  • Eu dormi logo; estava muito cansado.
  • Bem-aventurados os que ficam; eles serão recompensados.
  • Vamos assistir só mais um episódio dessa série; já está tarde; amanhã é segunda-feira, temos que trabalhar.
  • Meu conselho é que estude muito; eu nuca vi ninguém arrependido de ter estudado.

as orações coordenadas sindéticas são classificadas consoante o sentido estabelecido e/ou explicitado pelo conectivo, podendo ser: aditiva, adversativa, alternativa, explicativa e conclusiva.

Aditivas – estabelecem sentido de junção, soma, continuidade.

  • Abriu os livros, pegou uma caneta, organizou o material e começou a estudar.
  • Meu filho, por favor: desligue a televisão e vá dormir.
  • Não gosta de estudar nem de trabalhar.
  • Os livros não só instruem, como também podem ser uma fonte de divertimento.

Adversativas – estabelecem relação de oposição, contraste ou restrição.

  • Diz que gosta de estudar, mas vive faltando às aulas.
  • Desta vez você está com a razão, porém não precisa ficar se exaltando.
  • Queria estar atento à aula e o sono chegou.
  • Os livros podem nos divertir, contudo as séries da TV são bem mais atrativas.

Alternativas – estabelecem opção, escolha, alternância.

  • Ou você bebe ou você dirige.
  • Meu pai ora se dedica ao trabalho ora se dedica aos estudos.
  • Aquele rapaz vive de mau humor, quer fique em casa, quer saia para passear.
  • Seja estudando, seja trabalhando, ele sempre está acordado à noite.

Explicativas – estabelecem justificativa, explicação.

  • É bom que fale mais baixo, que as crianças estão dormindo.
  • É bom que você estude muito para essa prova, porque ouvi dizer que ela é muito difícil.
  • Comprou bastantes livros, pois ler é sua atividade preferida.
  • Não podemos parar de sonhar, porquanto é o que nós temos de realmente nosso.

Conclusivas – estabelecem conclusão lógica, esperada.

  • O rapaz anda no carro sem step, logo poderá ter problemas na viagem.
  • Ouvi dizer que a prova está muito difícil, por isso é bom que você estude mais.
  • Ele não levou a lista, então não conseguirá fazer as compras.
  • O candidato estudou muito; conseguiu, pois, excelentes resultados.

[1] Geralmente, esses conectores são conjunções ou locuções conjuntivas. No entanto, alguns advérbios e/ou palavras denotativas vêm – ao longo do tempo – sendo usados na função de conectores, motivo pelo qual a gramática os vê como conjunções.

Resumindo…

Classificação

Relação semântica

Exemplos

Aditiva

Continuidade/adição

Saiu do trabalho e foi direto para casa.

Adversativa

Oposição/contraste

O rapaz correu muito, mas não se cansou.

Alternativa

Alternância/escolha

Ou você estuda ou será reprovado.

Explicativa

Explicação/justificativa

Vamos logo, que já é tarde.

Conclusiva

Conclusão

Hoje é feriado, portanto não irei trabalhar.